Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Taubaté SP tem mais de 350 casos de dengue confirmados em 2020

Desse total, em apenas 13 situações o vírus foi “importado”, ou seja, contraído fora dos limites da cidade

 
 -   /
/ /
ÁUDIOTEXTO PARA RÁDIOFoto: DivulgaçãoO município de Taubaté apresenta mais de 350 casos confirmados de dengue em 2020, de acordo com os dados mais recentes divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo. Desse total, em apenas 13 situações o vírus foi “importado”, ou seja, contraído fora dos limites da cidade.

Dentro da microrregião de São José dos Campos, Taubaté lidera o número de notificações da doença em 2020 - ao todo são mais de 1,7 mil notificações da doença até o momento no município, ainda segundo as informações mais recentes de Secretaria Estadual de Saúde.

A Vigilância Epidemiológica de Taubaté investiga uma morte suspeita por dengue na cidade. O paciente estava internado no Hospital Regional do Vale do Paraíba, e morreu na manhã de 23 de março. O município soma, neste ano, dois óbitos confirmados por dengue.

Segundo o chefe de Superintendência de Controle de Endemias do estado de São Paulo, Marcos Boulos, ações de combate ao mosquito transmissor da dengue são feitas em parceria entre estado e municípios.

“O programa de controle do Aedes está incorporado aos serviços estaduais e municipais. Muitas ações de prevenção e controle do Aedes são feitos pelos municípios. O estado, de certa maneira, organiza e procura colaborar quando a situação sai do controle.”

O Secretário de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, alerta que o período de maior incidência da dengue no país vai coincidir, muito provavelmente, com o pico de contaminação do COVID-19 e, por isso, é fundamental que a população aproveite a quarentena para, também, se proteger do mosquito transmissor. 

“Nós teremos, pelo menos, três epidemias simultâneas: coronavírus, que é uma novidade; teremos Influenza, que é uma rotina, todo ano acontece, e teremos, também, o pico de dengue. Então, é fundamental, e eu tenho chamado atenção, aproveitem que estão em casa e limpem o quintal, eliminem os focos de dengue”. 

A recomendação das autoridades de saúde pública é dar atenção à limpeza dos locais que possam favorecer os criadouros do mosquito Aedes aegypti. Essa é a única forma de prevenção. Faça sua parte. Saiba mais em saude.gov.br/combateaedes.
 

 

 


PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE