Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Músico John Prine morre aos 73 anos

Ele foi internado há duas semanas por coronavírus em Nashville, nos Estados Unidos.

 
 -   /
/ /

O músico americano John Prine, lenda country e do folclore do país, morreu nesta terça-feira (7) em Nashville, nos Estados Unidos, aos 73 anos, após ter sido internado por coronavírus há duas semanas.

A família do artista confirmou a morte à revista Rolling Stone.

Prine é um dos autores mais influentes de sua geração.

Descoberto por Kris Kristofferson, lançou seu primeiro disco de estúdio em 1971 e o álbum homônimo foi celebrado como um dos melhores daquele ano pelo público e pela crítica.

Conhecido por contar causos da sua vida, ele chamou a atenção de gigantes como Bob Dylan, que disse em 2009 que John era um dos seus compositores favoritos, destacando a canção “Sam Stone”.

Um ano antes, em 2008, Roger Waters também elogiou John Prine. “A música dele é extraordinariamente eloquente, e ele está no mesmo plano de Neil Young e Lennon”, disse à época.

Outro nome de porte que elogiou John Prine foi Johnny Cash, que em sua autobiografia escreveu: “Eu não ouço muita música na fazenda, a não ser que comece a entrar no modo de composição e precise procurar por inspiração. Aí eu coloco algo dos compositores que eu admirei e usei todos esses anos, Rodney Crowell, John Prine, Guy Clark e o saudoso Steve Goodman formam o meu ‘Big Four’”.

O produtor musical Hal Willner, que também morreu nesta terça aos 64 anos de coronavírus, chegou a pedir que as pessoas mandassem amor para o músico John Prine, em sua última postagem na rede social.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE