Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Hospital Regional de Marabá irá entregar mensagens de fé na Páscoa

 
 -   /
/ /

Em celebração a Páscoa, o Hospital Regional do Sudeste do Pará, em Marabá, ira entregar no próximo domingo, 12/4, cartões com mensagens de fé aos pacientes e colaboradores da unidade em meio a pandemia do coronavírus (Covid-19).

A ação que será realizada pela Comissão de Humanização do hospital e irá seguir todas as recomendações de higienização da Organização Mundial de Saúde (OMS). O Regional de Marabá é uma unidade pública, do Governo do Estado, sendo gerenciado pela Pró-Saúde. A proposta da ação, assim como a simbologia da Páscoa, traz acolhimento e apoio, além da renovação de vida.

Para Flavia Fernandes, analista de humanização do hospital, a mensagem de positividade e de fé pretende disseminar a importância do amor ao próximo, solidariedade, paz e fraternidade. "Devido a pandemia, não vamos realizar a nossa missa tradicional, porém vamos compartilhar mensagens de fraternidade para todos no domingo de Páscoa. Precisamos compartilhar o amor em nossa sociedade para enfrentarmos todos esses desafios", ressalta.

Sobre a Unidade

O Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso é referência em atendimento de média e alta complexidades para 22 municípios paraenses. A unidade conta com 115 leitos, sendo 77 de Unidades de Internação e 38 de Unidades de Terapia Intensiva. Possui perfil cirúrgico e habilitação em Traumato-ortopedia pelo Ministério da Saúde, oferecendo atendimento gratuito em diversas especialidades, além de um Centro de Hemodiálise com 22 máquinas.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE