Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Em Santarém, dia '''D''' de vacinação contra a Gripe é cancelado para evitar aglomerações

Imunizações continuam sendo feitas nas UBS’s. 3ª fase da campanha começa na segunda-feira 11 , quando devem ser vacinadas crianças de 6 meses e menores de 6 anos, gestantes e puérperas.

 
 -   /
/ /

Para evitar que as pessoas se aglomerem nas unidades básicas de saúde, os órgãos de saúde estadual e municipal decidiram cancelar o dia “D” de vacinação contra a Gripe (Influenza) e o Sarampo, que seria neste sábado (9). Em Santarém, no oeste paraense, as imunizações continuam sendo feitas nas UBS’s.

De acordo com João Alberto Coelho, coordenador da Divisa, pelo calendário do Ministério da Saúde a vacinação nacional seria neste sábado, mas devido o aumento no número de casos de Covid-19, foi decidida essa suspensão. “O dia ‘D’ é de chamamento, de motivação aos grupos de risco para irem a unidade, e no momento, isso ia proporcionar aglomeração”, explicou.

Para se vacinar, a pessoa tem que fazer parte de um grupo específico, e ir até o posto de saúde mais próximo de casa levando o documento de identificação e o cartão SUS. Devendo seguir também as regras de distanciamento, ficando a pelo menos 1m de distância das pessoas e usar máscara de proteção facial.

Em Santarém, a campanha de vacinação contra a Gripe tem a meta de imunizar 102 mil pessoas, sendo que até o momento, 38 mil foram vacinadas. Na primeira fase, 109% da população idosa foi imunizada e 83% dos profissionais da saúde. No grupo de motoristas, 291 caminhoneiros e 204 pessoas que trabalham em transportes coletivos. Já no grupo dos doentes crônicos, 3.990 pessoas entre cardíacos, diabéticos, e pessoas com doenças renais ou respiratórias.

A terceira fase da campanha começa na segunda-feira (11), quando devem ser vacinadas as crianças de seis meses e menores de seis anos, gestantes e puérperas. “De 18 de maio a 5 de junho deve ser imunizada uma nova faixa etária, que são as pessoas de 55 anos e 59 anos, e professores”, ressaltou a coordenadora da 9ª regional da Sespa, Marcela Tolentino.

Vacinas em falta

A coordenadora da Sespa, confirmou que existe a falta de vacinas contra a Influenza em algumas unidades básicas de saúde de Santarém e nos demais municípios atendidos pela Regional, mas a expectativa é que logo seja resolvido o problema de logística e a distribuição das doses seja normalizada até domingo.

“Estamos aguardando a vacina porque tivemos problemas com o voo, mas vai ter vacina para ser distribuída para todos os 20 municípios de responsabilidade da 9ª Regional. Vamos lutar para que essas vacinas cheguem até domingo, mas qualquer problema que houver a data será prorrogada”, garantiu Marcela.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE