Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

TJPA determina fiança de dez salários mínimos para motorista envolvido no acidente que matou cantora Cleide Moraes

Após o pagamento do valor de R$10.450, o acusado será solto e responderá em liberdade.

 
 -   /
/ /

A Justiça do Pará determinou nesta terça-feira (28) fiança no valor de dez salários mínimos para Victor Hugo dos Reis Morais, envolvido no acidente que matou a cantora paraense Cleide Moraes. De acordo com a Justiça, após o pagamento do valor de R$10.450 o acusado será solto e responderá o processo em liberdade. Victor Hugo está preso desde segunda-feira (27).

A decisão da juíza Edilene de Jesus Barros, da Vara Criminal de Benevides, foi anunciada em audiência feita por videoconferência. No documento, ela levou em consideração que o acusado não possui antecedentes criminais. Além disso, a magistrada informou que "não visualiza perigo na soltura no autuado".

A decisão também determina que o acusado compareça a todos os atos processuais para qual for intimado. Victor Hugo também está proibido a sair da comarca em que reside sem autorização judicial.

O documento impede ainda que o acusado frequente bares, casas de jogos, casas noturnas e estabelecimentos similares. Em caso de descumprimento das medidas, deve ser decretada a prisão preventiva imediata do acusado.

A prisão

Victor Hugo foi preso em flagrante nesta segunda-feira (27) após ser confirmado, por meio de Termo de Constatação de Alcoolemia (TCA), que o acusado estava embriagado no momento do acidente. De acordo com a Polícia, ele estava na delegacia de Benevides, prestando depoimento sobre o caso e, depois de "fortes indícios de embriaguez apresentados" no depoimento, foi preso em flagrante.

Logo após o acidente, os agentes registraram, por meio de fotos e vídeos, várias latas de cerveja no interior do carro que causou o acidente.

O acidente

Cantora paraense Cleide Moraes — Foto: Reprodução Instagram/cleidemoraesoficial

Cleide Moraes voltava de um show em Icoaraci, e estava a caminho de Mosqueiro quando teve seu veículo atingido por um carro de passeio. A cantora não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O carro em que a cantora estava ficou completamente destruído.

O músico Miguel Marques, que estava no carro com Cleide, foi levado para o hospital metropolitano e recebeu alta pela manhã desta segunda (27).

O corpo de Cleide Moraes foi levado durante a madrugada para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou por necropsia e foi liberado durante a manhã para familiares. O velório da cantora foi realizado na tarde desta segunda-feira (27), na quadra da escola de samba Rancho Não Posso Me Amofiná, em Belém.

Veículo de cantora fica totalmente destruído após acidente. — Foto: Reprodução

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE