Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Com taxa de 37,9%, Pará fica no 21º lugar no ranking nacional de isolamento

Bonito 27% , Juruti 27,9% e Brasil Novo 28% registraram os piores índices no estado.

 
 -   /
/ /

O Pará caiu para a 21ª posição no ranking nacional de isolamento, na quarta-feira (29), com a taxa de 37,9% das pessoas em casa para evitar a proliferação do novo coronavírus. Entre as capitais, Belém alcançou o 20º lugar, registrando taxa de 38,8%. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (30) pela Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).

Na análise dos municípios, os três melhores índices de isolamento foram em Bannach (60,9%), Santa Cruz do Arari (59%) e Magalhães Barata (56,7%). As cidades com maior registro de desobediência à recomendação de ficar em casa foram Bonito (27%), Juruti (27,9%) e Brasil Novo (28%).

Em Belém e Ananindeua foram registrados, respectivamente, os índices de 38,8% e 37,8%. Na capital paraense, incluindo os distritos, os bairros com as maiores taxas de pessoas em casa foram: Val-de-Cães (54,8%), Maracangalha (53,6%) e Tenoné (52,3%). Já as piores taxas ficaram com Itaiteua (25,5%), Brasília (27,8%) e Água Boa (29,5%).

Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros Centro (48%), Geraldo Palmeira (45,6%) e Águas Brancas (44,7%). As piores taxas foram observadas na Guanabara (29,5%), Icuí (30,3%) e Heliolândia (30,7%).

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE