Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Hong Kong adia eleições legislativas por coronavírus

A votação estava prevista para ocorrer em setembro. Foi adiada devido ao aumento de casos de coronavírus. A decisão que pode aumentar a revolta da oposição.

 
 -   /
/ /

A chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, anunciou nesta sexta-feira (31) o adiamento das eleições legislativas que estavam previstas para setembro devido ao aumento de casos de coronavírus, uma decisão que pode aumentar a revolta da oposição.

  • Hong Kong veta 12 candidaturas e prende quatro estudantes sob lei de segurança nacional

"Hoje anuncio a decisão mais difícil dos últimos sete meses que é a de adiar as eleições para o Conselho Legislativo", afirmou em referência ao Parlamento da cidade.

O governo de Hong Kong havia vetado 12 candidatos pró-democracia eleições legislativas na quinta-feira (30). Entre os fatores citados como justificativa, estava a oposição desses candidatos à nova lei de segurança nacional imposta pela China.

Entre os barrados está o ativista Joshua Wong, alguns membros do Partido Cívico e outros que haviam vencido uma prévia não-oficial no começo deste mês.

Há um mês, o Partido Comunista da China anunciou uma lei de segurança nacional foi decretada para enquadrar Hong Kong, uma região semi-autônoma com um sistema próprio de gestão.

UE adota medidas contra à lei de segurança nacional da China para Hong Kong

UE adota medidas contra à lei de segurança nacional da China para Hong Kong

O governo disse que vai barrar mais candidatos.

Os críticos dizem que a medida acontece para impedir a ascensão de uma geração de democratas, depois de uma vitória incontestável nas eleições para os conselhos distritais no ano passado.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE