Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Suspeito de estuprar enteada por dez anos e mantê-la em cárcere privado é preso no Marajó

Prisão ocorreu no município de São Sebastião da Boa Vista. Suspeito já responde por outro crime de estupro de vulnerável.

 

Um homem suspeito de estuprar enteada por dez anos e mantê-la em cárcere privado foi preso nesta segunda-feira (31) em São Sebastião da Boa Vista, no arquipélago do Marajó, no Pará. Acusado já responde por outro crime de estupro de vulnerável praticado em Muaná.

De acordo com a Polícia Civil, agentes do município de Curralinho, também no Marajó, informaram que um homem com mandado de prisão preventiva pelo crime de estupro de vulnerável foi visto em São Sebastião.

Segundo a PC, equipes se deslocaram até o porto informado pela denúncia e conseguiram prender o acusado que se preparava para fugir em um barco do tipo rabeta.

O homem, acusado de estuprar enteada durante dez anos, é suspeito de agredir e ameaçar de morte a vítima. Ainda de acordo com a PC, a vítima também era proibida de estudar ou ter qualquer tipo de convívio social, e era mantida em cárcere privada.

A denúncia foi registrada por meio do canal 181 e o procedimento policial instaurado pela Delegacia de Curralinho. O acusado foi preso e está a disposição da Justiça.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE