Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Repositório Poraquê vai reunir produção técnico-científica da Ufopa com acesso à sociedade

O processo de implantação é coordenado pelo Sistema Integrado de Bibliotecas

 
 -   /
/ /

A Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) iniciou o planejamento para instalação do Repositório Institucional Poraquê. Por meio desta plataforma, será disponibilizada a produção técnico-científica da Ufopa, com acesso aberto à sociedade.

O processo de implantação é coordenado pelo Sistema Integrado de Bibliotecas (SIBI), em parceria com o Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC), e conta com apoio da Biblioteca Central da Universidade Federal do Pará (BC/UFPA).

Representantes das instituições discutiram, no dia 24 de agosto, detalhes do projeto, como as etapas de instalação e esclarecimentos sobre o software Dspace, que fará o gerenciamento do Repositório.

As próximas etapas são a definição do plano de instalação, configuração e testes do Repositório, além da apreciação pelo Conselho Superior de Administração (Consad) de proposta de resolução que estabelecerá normas e diretrizes de funcionamento do Repositório.

O projeto tem como objetivo preservar e reunir a produção técnico-científica da Ufopa, ampliando a visibilidade dessa produção através do acesso aberto à sociedade, assim como acelerar o desenvolvimento das pesquisas produzidas no âmbito da Amazônia.

O nome é uma alusão ao peixe-elétrico da Amazônia, em que seu corpo é capaz de produzir pulsos elétricos, é dito, que enxerga no escuro, logo, possui autonomia energética, capaz de acender uma luz. "É assim que se espera que o conhecimento produzido pela comunidade científica da Ufopa aconteça, com autonomia intelectual, acendendo a luz do conhecimento científico na Amazônia", disse a coordenação do projeto.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE