Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

PF de Santarém cumpre mandado de busca e apreensão em investigação de comércio irregular de ouro

Empresa do município de Itaituba, no sudoeste do Pará, foi alvo da busca e apreensão.

 
 -   /
/ /

A Polícia Federal de Santarém cumpriu na tarde desta quinta-feira (10), mandado de busca e apreensão na sede de uma empresa situada no município de Itaituba, sudoeste do Pará, visando instruir inquérito policial instaurado para investigação de comércio irregular de minério de ouro.

O foco da investigação é uma prática popularmente conhecida como "Esquentamento de Ouro", que consiste na atividade criminosa de fraudar documentação necessária à compra e venda de ouro, acobertando, assim, a origem ilícita do minério.

Grande parte do ouro apreendido não possuía documentação — Foto: Ascom PF/Divulgação

De acordo com a PF, essa investigação teve início com o depoimento de uma pessoa presa em flagrante pela posse de ouro sem a devida documentação, em 31 de agosto deste ano, no município de Itaituba e conduzida à Delegacia de Polícia Federal em Santarém.

Em seu depoimento para o delegado de Polícia Federal, a mulher narrou que havia vendido ouro sem documentação, alguns dias antes de sua prisão, para a empresa alvo da busca nesta quinta-feira contando ainda que a funcionária da loja havia se oferecido para realizar um cadastro com seu CPF para lhe vincular, irregularmente, como suposta garimpeira e emitir documento falso de origem do ouro.

Dinheiro apreendido na empresa alvo de investigação em Itaituba — Foto: Ascom PF/Divulgação

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE