Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

MPPA abre inquérito sobre conduta de PM'''s em tentativa de assalto que terminou com um morto e 3 feridos

Polícia Militar afastou os policiais envolvidos na ação. Entre os feridos, está o motorista do veículo, vítima dos assaltantes.

 

O Ministério Público Militar vai abrir inquérito para apurar a conduta dos policiais militares que atuaram no ocorrência de tentativa de assalto a um carro de aplicativo, ocorrida na madrugada desta sexta (11), que terminou em morte, em Belém. Três pessoas ficaram feridas.

A Polícia Militar afastou os policiais envolvidos na ação. Entre os feridos, está o motorista do veículo, vítima dos assaltantes. A família dos feridos questiona a ação dos militares.

Em nota, a PM disse que os agentes foram "afastados das atividades operacionais para fins de avaliação psicológica, conforme determinam os protocolos internacionais para agentes de segurança".

Irmã de uma das vítimas, Alethea Chaves ele estava muito atordoado após o ocorrido. "A gente não conseguia entender o que tava acontecendo, até que o rapaz que 'tava' no telefone passou o telefone para o socorrista e ele explicou o que tinha acontecido, que o meu irmão tinha sido baleado".

Wecley levou três tiros, sendo que dois atingiram as costas dele. O atleta de futebol americano está internado.

O caso começou no conjunto Costa e Silva, no bairro de Souza, quando o motorista de aplicativo Cristino Martins parou o caro para deixar um dos quatro passageiros em casa. A corrida foi interrompida por dois criminosos armados, que roubaram o grupo. Um dos assaltantes então assumiu a direção do veículo e o motorista e passageiros foram feitos reféns.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE