Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Governo nomeia coronel da reserva do Exército e troca presidente da Funarte pela quinta vez

Fundação é responsável por promover e incentivar a produção cultural. Lamartine Barbosa Holanda assumirá a presidência do órgão no lugar de Luciano da Silva Querido.

 

O governo federal trocou o presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), responsável por promover e incentivar a produção e o desenvolvimento da atividade artística.

A nomeação do coronel da reserva do Exército Lamartine Barbosa Holanda foi publicada na edição desta segunda-feira (14) do "Diário Oficial da União".

Lamartine Barbosa Holanda é o quinto presidente da Funarte no governo Jair Bolsonaro. Antes dele, passaram pelo posto Luciano da Silva Querido, Dante Mantovani (duas vezes) e Miguel Proença.

Holanda assumirá a presidência do órgão no lugar de Querido, que teve a exoneração publicada também na edição desta segunda do "Diário Oficial". As publicações foram assinadas pelo ministro da Casa Civil, Walter Souza Braga Netto.

Luciano da Silva Querido, ex-auxiliar de gabinete do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), um dos filhos do presidente Jair Bolsonaro, havia sido nomeado diretor-executivo da Funarte em 5 de maio. Ele foi efetivado como presidente do órgão em 13 de julho.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE