Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Fundo de R$ 250 milhões financiará projetos de conservação da floresta na região amazônica

Serão apoiados projetos de: conservação e restauração da floresta; desenvolvimento socioeconômico das comunidades e desenvolvimento científico e tecnológico.

 
 -   /
/ /

O Fundo JBS pela Amazônia vai financiar iniciativas que visam ampliar a conservação da floresta e o desenvolvimento sustentável das comunidades que nela vivem. As ações terão aporte de R$ 250 milhões nos primeiros cinco anos. Em breve, serão divulgados os canais para a submissão dos projetos.

Serão apoiados projetos em três frentes: conservação e restauração da floresta; desenvolvimento socioeconômico das comunidades e desenvolvimento científico e tecnológico.

O Fundo, iniciativa de uma grande multinacional brasileira de alimentos, será presidido por Joanita Maestri Karoleski com o apoio de um Conselho de Administração, um Conselho Fiscal, um Conselho Consultivo e um Comitê Técnico (nomes abaixo). O Comitê Técnico e o Conselho Consultivo auxiliarão na escolha de projetos que receberão aportes do Fundo, que será auditado pela KPMG. Todo o processo será reportado e os resultados publicados no site.

“Conter o desmatamento ilegal é um desafio central para a defesa da Amazônia. Esse problema só será combatido efetivamente por um olhar voltado à qualidade de vida e à geração de renda para a população da região, indígenas, ribeirinhos e quilombolas, por exemplo”, afirmou Joanita Maestri Karoleski, presidente do Fundo.

O Fundo estará aberto a novos parceiros. A meta é levar os recursos a um total de R$ 1 bilhão até 2030. “Acreditamos em uma Amazônia sustentável, pois sabemos que preservação ambiental e desenvolvimento socioeconômico são indissociáveis”, ressaltou Joanita.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE