Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Polícia francesa busca brasileiro suspeito de feminicídio na periferia de Paris

O homem é suspeito de matar a esposa, também brasileira. Antes de fugir, ele levou os dois filhos do casal até a casa do patrão.

 
 -   /
/ /

A polícia francesa busca um brasileiro de 27 anos residente em Champigny-sur-Marne, na periferia de Paris. Ele é o principal suspeito do assassinato de sua mulher, de 29 anos, também brasileira

A vítima foi encontrada no apartamento do casal, na sexta-feira (25), com uma faca enterrada no tórax e três ferimentos de aproximadamente 5 centímetros na parte inferior do corpo. Ela chegou a ser socorrida, mas não sobreviveu e foi declarada morta às 21h pelo horário local (16h em Brasília).

  • Suspeito de ataque confessa intenção de atingir jornalistas de Charlie Hebdo
  • 'O mundo já sabe que é uma ditadura', diz Guaidó ao G1 sobre não disputar eleição na Venezuela

Segundo o jornal Le Parisien, uma vizinha chamou a polícia. Mais cedo, ela tinha ouvido ruídos de discussão no apartamento do casal. Minutos depois, o brasileiro tocou a campainha e pediu que ela chamasse a polícia. O homem deixou o prédio levando os dois filhos do casal, de 2 e 4 anos.

Antes de fugir, ele deixou as duas crianças na casa do patrão, um empreiteiro da construção civil. A identidade do casal não foi revelada pela polícia.

Os investigadores tratam o caso como um provável feminicídio graças ao depoimento da sobrinha do companheiro. Ela chegou ao apartamento durante a intervenção da polícia, porque o casal havia pedido que ela viesse cuidar dos filhos.

O depoimento da jovem permitiu que as investigações avançassem de forma rápida. Ela contou que o tio se dava muito bem com o patrão e poderia ter se refugiado na casa dele, situada na mesma cidade. A polícia foi até o local e encontrou as duas crianças do casal sãs e salvas. A esposa do empreiteiro disse que o suposto assassino havia deixado os menores no local por volta das 20h.

O Ministério Público de Créteil abriu uma investigação por homicídio doloso. A polícia francesa busca ativamente localizar o brasileiro.

Ao menos 47 feminicídios ocorreram na França desde o início do ano, segundo uma contagem realizada pela agência AFP. Em 2019, 146 mulheres foram mortas por seus maridos ou ex-companheiros, 25 a mais do que no ano anterior, de acordo com dados oficiais.

VÍDEOS: as notícias mais curiosas de 2019

17 vídeos Quadro de Banksy que se autodestruiu após leilão intriga mundo da arte Madrinha se veste de dinossauro no casamento da irmã Justiça garante direito de ir e vir de gato em shopping no Rio

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE