Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Incêndio florestal volta a ganhar força perto de parque arqueológico de Cusco

Segundo imprensa local, fogo começou na quinta-feira 8 por causa de queimadas agrícolas expandidas pelo forte vento.

 
 -   /
/ /

Um incêndio florestal que teve início na quinta-feira passada (8) perto de um parque arqueológico no Peru voltou a ganhar força no início do fim de semana, sem causar até o momento vítimas nem danos ao patrimônio, informaram os bombeiros.

"Nós havíamos controlado o fogo. Porém, os ventos, que são fortes nesta região, reavivaram-no e estamos em apuros", disse o chefe dos bombeiros em Cusco, Rómulo Centeno, à rádio RPP, sobre o incêndio nas proximidades do Parque Arqueológico de Sacsayhuamán, próximo à cidade andina de Cusco.

  • VEJA TAMBÉM: Incêndio que atinge Chapada Diamantina tem indícios de crime ambiental; área estava preservada havia 20 anos

Centeno, que disse estar convocando mais pessoas para lutar contra o incêndio, explicou que o vento impede o controle das chamas, que retornaram na tarde de quinta-feira na região de Tambomachay. Até o momento, destacou, o fogo não ameaça zonas arqueológicas.

Um policial ajuda a apagar um incêndio florestal em Tambomachay, uma área dentro do Parque Arqueológico de Sacsayhuaman perto da cidade peruana andina de Cusco, Peru, em 9 de outubro de 2020. O incêndio, que começou durante a noite, foi controlado sexta-feira sem vítimas e sem causar danos a patrimônios, informou a Defesa Civil do Peru. — Foto: Miguel Yovera/AFP

O incêndio teve início na tarde de quinta-feira, perto do parque arqueológico localizado ao norte de Cusco, antiga capital do império inca. Segundo a imprensa da cidade, situada 600 km a sudeste de Lima, o fogo começou por causa de queimadas agrícolas expandidas pelo forte vento.

  • VEJA TAMBÉM: Bombeiros combatem incêndio em região do Santuário de Elefantes em MT

O Ministério de Defesa enviou um avião Spartan e um helicóptero da Força Aérea com modernos sistemas e equipamentos contra incêndios para ajudar no controle das chamas, que consomem pastagens.

Cusco é um dos principais destinos turísticos do Peru, por seu patrimônio arqueológico e sua proximidade de Machu Picchu, que se encontra fechada desde março devido à pandemia.

VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias

20 vídeos Lua cheia chama a atenção dos moradores de Brasília Com relâmpagos, temporal escurece pontos de SP e deixa capital em estado de atenção 'Eu acabei com a Lava Jato porque não tem mais corrupção no governo' diz Bolsonaro

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE