Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Câncer de mama: como o autoexame auxilia no diagnóstico precoce

 
 -   /
/ /

Profissionais do Hospital Materno-Infantil de Barcarena explicam sua importância e como fazer o exame

O câncer de mama é o tipo de câncer mais frequente na população feminina no país, o que corresponde a 29% dos casos, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). Na doença ocorre um desenvolvimento irregular das mamas que se multiplicam até formar um tumor maligno.

De acordo com Ana Carla Lima, obstetra e ginecologista da Pró-Saúde e com atuação pelo Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra Anna Turan (HMIB), as estratégias de descoberta precoce da doença são o diagnóstico e o rastreamento de nódulos. 

“Por meio do autoexame, a mulher pode identificar alterações na mama, secreções e também nódulos a partir de 1cm. A realização de exames preventivos é de extrema importância para encontrar possíveis nódulos menores, e para rastrear o câncer de mama”, explica a profissional. 

Autoexame

Para realizar o autoexame a mulher precisa posicionar um braço atrás da cabeça, e com a outra mão fazer alguns movimentos. “Primeiro, com movimentos circulares, ao redor da auréola, e depois ao redor da mama”, explica a enfermeira Patrícia Muniz. 

A profissional complementa que “é preciso fazer movimentos de cima para baixo em toda mama, e em formato radial, como se formasse triângulos com os dedos em cima do seio, e repetir todos os movimentos em cada mama”, descreve. 

A orientação, segundo a médica Ana Carla Lima, é que a mulher possa observar e apalpar as mamas sempre que se sentir confortável, ou pelo menos uma vez por mês, após o período menstrual, para conhecer melhor a região.

“As mulheres precisam ficar atentas aos sinais, como alteração da coloração da mama, alguns edemas no seio e/ou axilas que surgem, coceira no mamilo ou secreção, inversão do mamilo e caroços (nódulos)”, explica. 

A prevenção ao câncer de mama, segundo a especialista, é a melhor forma de autocuidado. “Para isso, é preciso fazer exercícios físicos, beber água regularmente, ter uma alimentação balanceada e com qualidade, descansar o corpo e dormir bem”, destaca.

O Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan está localizado a 114 km distante da capital Belém. A unidade atende gestantes e bebês e atua com média e alta complexidades. 

Inaugurado em 2018 pelo Governo do Pará, e gerenciado desde o início do seu funcionamento pela Pró-Saúde, uma das maiores do Brasil na gestão hospitalar, o HMIB já realizou mais de 2.600 partos. 

Durante esses dois anos, a unidade realizou mais de 125 mil atendimentos, entre consultas, internações, exames e cirurgias. Sua abrangência inclui 11 municípios do Baixo Tocantins, com atendimento 100% gratuito por meio do Sistema único de Saúde (SUS).

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE