Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Anvisa libera importação de insumos para produção de 40 mi de doses da Coronavac

Na última semana, órgão autorizou importação de seis milhões de doses da vacina contra a Covid-19

 

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou nesta quarta-feira (28) a importação de matéria-prima para produção da Coronavac, vacina contra a Covid-19, desenvolvida e testada pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. 

O Butantan fez a solicitação para a compra dos insumos no dia 23 de setembro. O instituto pretende usar a matéria-prima que virá da China para produzir 40 milhões de doses da vacina. Vale lembrar que, na última semana, a Anvisa já havia liberado a importação de seis milhões de doses prontas do imunizante. 

Vacinação contra a Covid-19 deve ocorrer no primeiro semestre de 2021, segundo Governo Federal

Votação do projeto que cria regras para distribuição das vacinas contra Covid-19 é adiada no Senado

A Coronavac está na última fase de testes no país. O objetivo é saber se o imunizante é eficaz e seguro contra a infecção pelo novo coronavírus. Caso a Anvisa aprove os resultados dos testes em curso, o governo de São Paulo pretende fazer uma campanha estadual de vacinação a partir de dezembro. 

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE